R.jfif
20201114_114339.jpg

Olá, sou a Larissa

Psicopedagoga Clínica

A Psicopedagogia é um campo de atuação em Saúde e Educação que lida com o processo de aprendizagem humana; seus padrões normais e patológicos.

Atua sob influências da psicanálise, da linguística, da fonoaudiologia, neuropsicologia, neurologia, psiquiatria e da medicina em geral, visando o bem-estar do estudante, auxiliando na vida escolar, social e familiar.

As dificuldades de aprendizagem podem se manifestar em qualquer época da vida do ser humano, desencadeando problemas momentâneos em áreas específicas. Tais problemas só adquirem caráter de dificuldades de aprendizagem conforme sua persistência ao longo da experiência escolar, vida pessoal e profissional.  A dosagem da quantidade de informação devido a cobrança exagerada deste aprendizado pode desorganizar a conduta do indivíduo por não saber lidar com a situação de aprendizagem. O tratamento psicopedagógico é direcionado a crianças, adolescentes, adultos e idosos. 

240_F_205813503_WnTk40mdM3pgy7JVwv4T5dlO

Como a psicopedagogia pode
mudar a sua vida?

São técnicas aplicadas em vários contextos tanto terapêutico, de aprendizado, na vida diária, procedendo em diferentes campos do conhecimento no enfoque clínico no modelo cognitivo. Direcionando a conduta do indivíduo na realização das atividades diárias. Estas habilidades cognitivas bem treinadas, permite ao ser humano conduzir suas ações com sucesso em sua vida pessoal, acadêmica e profissional. 

Segundo Muriel Lezak, as funções executivas permitem a pessoa estabelecer, manter, supervisionar, corrigir e realizar um plano de ação.

Estas funções são essenciais na vida do indivíduo desenvolvendo a organização, planejamento, resolução de problemas, tomada de decisão e processamento de dados. 

Corroborando tal visão, considera-se que as funções executivas envolvam diferentes processamentos cognitivos, como a atenção seletiva, integração e manipulação das informações relevantes na memória de trabalho, controle de impulsos, planejamento, intenção, efetivação das ações, flexibilidade cognitiva e comportamental, e monitoramento das atitudes.

O comprometimento destas habilidades executivas, pode ocorrer alterações cognitivo-comportamentais diversas, associadas ao prejuízo de seus processos componentes, tais como dificuldades na seleção de informação, distratibilidade, dificuldades na tomada de decisão, problemas de organização, comportamento perseverante ou estereotipado, dificuldade no estabelecimento de novos repertórios comportamentais, dificuldades de abstração e de antecipação das consequências de seu comportamento, impondo uma série de problemas à vida diária. 

O tratamento psicopedagógico proporcionará a pessoa aprimorar suas habilidades cognitivas, realizando suas ações de forma eficaz e bem sucedida nas tarefas do dia a dia, adaptando-se as alterações do cotidiano. 

Agende sua Sessão